/

lyrics

Dizes que desta foi de vez
que sob a tua espada ela pereceu
que se nada mais te fizer bem
tens a tua guitarra e a tua mãe

Ela é um mal, que não desejo a ninguém,
só a mim

Se antes foram precisas
mil poções,
pra que ela te abraçasse
tu matas mil feiticeiros
pra nunca mais ver a prisão,
dos seus braços

Ela é um mal, que não desejo a ninguém,
só a mim

credits

from Canções Mortas, released December 15, 2014

tags

license

about

coelho radioactivo Porto, Portugal

contact / help

Contact coelho radioactivo

Streaming and
Download help